Atos públicos voltam a denunciar descumprimento da CCT

0
165

Logo depois do resultado das urnas, onde a categoria depositou fé numa direção que nunca foge da luta, o nosso sindicato segue em frente denunciando as empresas que insistem em descumprir a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Nesta sexta-feira (17/5) a diretoria do Sindsegur voltou a realizar ato público em frente à sede da Empresserv para denunciar a prática antisindical da empresa, que tenta impedir o direito do vigilante fazer homologação junto ao sindicato, deixando o trabalhador sem o acompanhamento da sua entidade sindical.

Esse é mais um dos constantes abusos praticados por patrões que descumprem direitos trabalhistas para garantir lucro fácil.

Durante o ato público no Detran a diretoria do nosso sindicato denunciou a empresa RN Segurança, que até o momento não efetuou o pagamento dos salários dos vigilantes que trabalham nos postos do Detran de Pau dos Ferros, Assú, Mossoró e Caicó. Além disso, a referida empresa continua atrasando férias dos trabalhadores.

Se esse tipo de patrão insiste em descumprir direitos trabalhistas, o Sindsegur resiste e persiste em continuar lutando em defesa dos vigilantes, seja encaminhando ações na Justiça do Trabalho, seja através de atos públicos para denunciar tais abusos e cobrar responsabilidade das empresas e dos gestores.