Toda solidariedade ao companheiro Agricio Enedino

0
64

A diretoria do SINDSEGUR vem a público repudiar a conduta antisindical de alguns oportunistas, que tentam a todo custo desacreditar o valoroso trabalho de representantes do nosso sindicato.

Recentemente o diretor Agricio Enedino foi alvo de ataques por parte de pessoas que se escondem atrás das redes sociais para fazer um trabalho sujo e desonesto com objetivo de manchar a imagem da nossa entidade. Acusações infundadas, feitas por pessoas irresponsáveis e inescrupulosas que acusam a entidade para justificar seus próprios erros.  Porém, o SINDSEGUR é um sindicato de luta e não vai se curvar às baixarias políticas alimentadas pela desonestidade e pela ganância de poder.

Ressaltamos que o nosso sindicato é independente e de luta, não temos vinculo com partidos políticos e não promovemos politicas assistencialistas populistas objetivando benefícios eleitorais. Vale esclarecer, que as politicas sociais de caráter assistencialista são voltadas para valorização da categoria, na defesa dos direitos individuais e coletivos dos trabalhadores e no amparo, de forma social, aos sócios desempregados ou em algum tipo de situação de vulnerabilidade.

Nossa missão é lutar para garantir os direitos e conquistas dos vigilantes patrimoniais do Rio Grande do Norte.

Fiquem atentos aos “lobos travestidos de cordeiros” que tentam iludir os trabalhadores e enfraquecer o seu maior instrumento de luta: o sindicato.

Vale lembrar que a atual diretoria da nossa entidade sindical tem conduzido as lutas em defesa dos vigilantes patrimoniais do RN com zelo e respeito ao patrimônio da categoria.
O problema é que o trabalho desenvolvido pela atual gestão tem contrariado setores que não conseguem esconder a sede pelo poder, por isso tentam de maneira desleal jogar a categoria contra a atual direção do nosso sindicato.

São traidores da categoria que colocam a ganância acima dos trabalhadores, cometendo atitudes inaceitáveis contra colegas de profissão.

Reafirmamos nosso repúdio a esses oportunistas e manifestamos todo o respeito e a nossa solidariedade à ao diretor Agricio Enedino.