Ato em defesa do emprego

03

Na manhã desta terça-feira (29/11) o Sindsegur realizou um ato público em frente ao Banco do Brasil da avenida Rio Branco, em Natal.

01

Na ocasião o coordenador geral do Sindsegur, Francisco Benedito (Bené), denunciou o plano de reestruturação do governo federal, que fecha 402 agências do Banco do Brasil em todo o país.

Vale lembrar que no Rio Grande do Norte 6 agências do Banco do Brasil serão fechadas e outras seis serão transformadas em postos de atendimento. “O Sindsegur está preocupado com o emprego dos vigilantes que trabalham nas agências incluídas no plano do governo. Ao mesmo tempo repudia essa política que prejudica os trabalhadores e a população”, afirmou Bené.

02

Para o diretor do Sindsegur, Pablo Henrique, a saída do governo para a crise só prejudica a classe trabalhadora com desemprego e retirada de direitos, enquanto os grandes empresários continuam aumentando seus lucros.

05

Segundo Wellington Félix, diretor do sindicato, o vigilante é uma profissão que merece todo respeito, pois exerce um importante serviço de segurança em defesa do patrimônio, público ou privado, e da população que se utiliza desses serviços.

09

O presidente da Força Sindical, José Antônio, criticou o atual cenário político e econômico do país, que ameaça direitos trabalhistas e gera desemprego.

O Sindsegur está atento e vai continuar a jornada de lutas em defesa dos direitos e do emprego.

COMPARTILHAR