Vigilantes são alvos de assaltantes

Por assessoria de imprensa | Fotografia: Arquivo Sindsegur

ee6712cf79b2dcb4e0cc2d413d38bfae
Hospital Regional de São José de Mipibu depois da troca de tiros

Na madrugada da sexta-feira (10/7) vigilantes que trabalham no hospital infantil Maria Alice Fernandes, zona norte de Natal, foram atacados por assaltantes armados. Na ocasião um vigilante foi baleado e sua arma roubada. Na segunda-feira dia 13 o alvo dos ataques foi o hospital regional de São José de Mipibu.

Logo que soube dos ataques ocorridos neste final de semana a diretoria do Sindsegur foi até os locais de trabalho prestar todo apoio aos vigilantes.

ab665009be09c2599c9629e41029cdfe

Além de levar o apoio aos colegas vigilantes na manhã desta segunda-feira o coordenador geral do Sindsegur, Francisco Benedito (Bené), participou dos protestos realizados pelos trabalhadores da saúde em frente ao hospital Maria Alice Fernandes. Ele chamou a atenção para o risco de vida que trabalhadores e pacientes enfrentam diante da onda de violência e declarou apoio à greve dos servidores por salário justo e condições de trabalho decentes.

“Os vigilantes e a população são vítimas constantes das cenas de violência que ocorrem diariamente em todos os cantos do Rio Grande do Norte e do país. São riscos que a nossa categoria enfrenta no exercício da profissão. Por isso, o Sindsegur está constantemente na luta junto com os guerreiros e as guerreiras que incorporam essa valorosa categoria de vigilantes patrimoniais”, declarou Bené.

 

COMPARTILHAR