Sindsegur na luta pelo pagamento dos salários atrasados dos vigilantes da QRV

Por assessoria de imprensa | Foto: Taian Marques

IMG_8788

Vigilantes da empresa QRV Segurança, que pertence ao grupo ECOHOUSE, realizaram junto ao SINDSEGUR uma manifestação na manhã desta sexta-feira (25/07), em frente à sede da empresa.

Dezenas de vigilantes indignados paralisaram seus serviços para reivindicar o pagamento dos salários atrasados há cerca de dois meses. O protesto também serviu para denunciar a falta de respeito da QVR Segurança, que ainda não quitou as dívidas em relação aos trinta funcionários demitidos. São trabalhadores e suas famílias que precisam  dos seus salários para pagar suas contas.

IMG_8820“Passei dois anos pagando uma moto e nunca tive uma prestação atrasada, eu fazia bicos de segurança, ganhava melhor que agora, eu precisava vender salgados em cima da minha moto, mas a justiça foi até minha casa e tomou a minha moto por causa dos salários atrasados por esta empresa. E hoje eu estou prejudicado, pois era minha moto que eu usava para me sustentar. Se quiser colocar para fora coloque, mas pague os meus direitos”. Disse Zirlandi Silva, vigilante da QRV Segurança.

Após reunião com representante da empresa QRV Segurança, que não apresentou nenhuma proposta para a quitação das dívidas, os trabalhadores decidiram acompanhar a orientação do Sindsegur e manter a paralisação dos serviços até que a empresa pague os devidos salários atrasados.

Uma nova manifestação está marcada para próxima segunda-feira (28/7), a partir das 6h da manhã, em frente à sede da ECOHOUSE GROP, localizada na Rua Trairi, próximo ao Albatroz.

Segundo o coordenador geral do SINDSEGUR, Francisco Benedito (Bené), as manifestações vão continuar e o sindicato vai solicitar com urgência uma reunião de mediação no Ministério Publico do Trabalho. “Esse é o nosso papel, estar ao lado do trabalhador”.

COMPARTILHAR