Justiça do Trabalho condena empresa Realiza em ação encaminhada pelo Sindsegur sobre atraso de salário dos vigilantes do DNOCS

Diariamente nossa entidade está na luta para combater os abusos praticados pelas empresas de vigilância no Rio Grande do Norte.

Nesta terça-feira, 06 de junho, a Justiça do Trabalho condenou a empresa Realiza na ação encaminhada pelo Sindsegur sobre o atraso de salário dos vigilantes do DNOCS.

Na ação a empresa foi condenada a realizar a respectiva liquidação, o valor correspondente ao deferimento de: multa convencional de R$ 35,28 (2% do piso salarial – cláusula terceira), por mês (3 meses) e por cada empregado atingido pelos atrasos salariais (vigilantes da DNOCS).

Além disso, também foi determinado que o pagamento dos salários de março e abril de 2023, no prazo de 05 dias, a partir da ciência desta determinação, independente de trânsito em Julgado, eis que presentes os pressupostos legais para a concessão da tutela de urgência requerida, sob pena de multa diária fixada no valor de R$ 58,80 (equivalente ao salário diário), limitada ao valor da verba principal (piso salarial).

O Sindsegur é um sindicato de luta e vai continuar denunciando as empresas que descumprem direitos e cobrar, política e juridicamente, que as mesmas assumam seus compromissos trabalhistas.

Vamos fortalecer a mobilização para fazer valer nossos direitos e avançar nas conquistas.

 

Deixe um comentário