Nota de repudio as demissões em massa de vigilantes pelo Governo de Alagoas

O Sindsegur repudia veementemente a atitude de desrespeito com os trabalhadores vigilantes por parte do governo do estado de Alagoas, que em ofício divulgado pelo Gabinete Civil, na quinta-feira (18), comunicou a interrupção dos serviços prestado pelos vigilantes, armados ou não, de todos os órgãos e secretarias do estado que estavam com contrato vigente.

O Sindsegur se solidariza com todos os vigilantes que prestam serviço ao Estado de Alagoas, de acordo com as informações são aproximadamente 600 profissionais que foram mandados embora, sem qualquer aviso prévio, centenas de pais e mães de família que tiveram seus contratos rescindidos por uma atitude arbitrária do governo.

Além disso, a atitude também afetou diretamente os profissionais da saúde e usuários dos serviços pela falta de segurança, pois estes ficam a mercê das ações de marginais, fatos que já são recorrentes em algumas unidades de saúde, imagine agora sem os serviços de vigilância.

É necessário que se regularize imediatamente essa situação, pois as demissões foram tomadas de forma autoritária com a desculpa de redução de gastos e sem nenhum estudo ou avaliação.

Reafirmamos nosso repudio a essa atitude do governo de Alagoas e toda solidariedade aos companheiros vigilantes.

 

Deixe um comentário