Sindsegur denuncia prática de perseguição de supervisor da Interfort em Mossoró

Nesta terça-feira, 24 de maio, a coordenadora geral do Sindsegur, Dalcilene Cabral e o diretor jurídico Márcio Lucena, a empresa Interfort sobre a prática de perseguição por parte do supervisor da cidade de Mossoró.

Na ocasião os representantes do nosso sindicato reivindicaram um solução enérgica por parte da empresa para a solução desta situação. O Sindsegur não vai aceitar nenhum tipo de perseguição, para isso já está tomando as medidas cabíveis com o objetivo de denunciar essa prática de assédio.

De acordo com as denuncias, constantemente os trabalhadores são desrespeitados e durante a jornada de trabalho.

Proporcionar um ambiente de trabalho livre de qualquer tipo de assédio é dever de qualquer empresa que tenha responsabilidade. O Sindsegur repudia veementemente essas práticas abusivas aos vigilantes e reafirma o compromisso com a luta contra o assédio moral.

Vale lembrar que as práticas de perseguição se tornam cada vez mais comuns na tentativa de conter a organização dos trabalhadores. Porém, a diretoria da nossa entidade está preparada para continuar denunciando toda forma de opressão.

Deixe um comentário