Vigilantes patrimoniais do RN decretam greve

0
733

Vigilantes patrimoniais do RN decretam greve

Categoria dos vigilantes aprovam por unanimidade as paralisações. E ainda este mês os vigilantes entrarão em greve. Liderados pelo sindicato, vigilantes paralisarão as suas atividades em busca de melhorias salariais. A categoria reivindica reajuste salarial de 4,8%, além, de vale alimentação de 19 reais por dia trabalhado e a manutenção das cláusulas da CCT 2019-2020.

 

O sindicato patronal não quer negociar com os trabalhadores. O Sindsegur, tentou desde outubro de 2019 uma negociação justa com o patronal. Infelizmente o patronal não propôs nada mais do que perdas salariais e retiradas de direitos como, por exemplo, exclusão da CCT a hora reduzida noturna.

” Artigo 13 da Lei nº 7.783 de 28 de Junho de 1989: Na greve, em serviços ou atividades essenciais, ficam as entidades sindicais ou os trabalhadores, conforme o caso, obrigados a comunicar a decisão aos empregadores e aos usuários com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas da paralisação”.

 

O sindicato convocou a categoria para este dia 17 de agosto, duas assembleias, uma às 9h, e outra, às 19h. Centenas de vigilantes compareceram as assembleias e decidiram a paralisação da categoria. Com isso, o sindicato dos vigilantes patrimoniais informa a população Norte Riograndense que terá paralisações em suas cidades.  O sindicato convoca a categoria a aderirem tanto na 12×36 como na 5×2. Unidos somos mais forte.