Mediação frustrada pelo Sindesp/RN

0
245

 

Sindesp/RN através de seu advogado, procrastinam mais uma vez em negociação coletiva diante da Justiça do Trabalho. Aliás, quer empurrar com a barriga a nossa negociação e ainda querem mudar a nossa data base de 2021, lançando três propostas para mudança. É isso mesmo, querem mudar nossas clausulas convencionais, querem tirar direitos, mas, não querem dar o nosso reajuste.  Motivo esse que se a decisão for para dissídio, a decisão pode postergar por muito tempo e  podendo levar ao arquivamento do nosso processo.

 

A diretoria se reuniu pós mediação e decidiram levar a proposta para a categoria. Salientando que os empresários não querem discutir o reajuste, mesmo com a presença do senhor Edmilson Pereira, presidente do Sindsep/RN, que não expôs o que queria. Apenas deixou nas mãos do então advogado Emmanuel Correia que nada disse, além do que já era conversado desde de novembro de 2019. A Desembargadora Perpetua do Socorro, entrará de férias e só retornará em setembro. O meio mais próximo para uma negociação salarial tem que ser discutido com a categoria. A mediação foi frustrada pelo sindicato patronal; não querem renovar a CCT, eles elaboraram uma nova CCT; querem que a vigência da CCT seja a partir de setembro; não querem pagar retroativo da categoria, seja salário, seja vale alimentação; querem mudar o quadro social do sindicato. O patrão quer desestabilizar de todas as formas a categoria.

 

Portanto, companheiros e companheiras, nesta semana o sindicato convocará a categoria a estarem presentes na nova sede do Sindsegur, na segunda-feira dia 17 de agosto, às 19h, na rua Gonçalves Lêdo, 787, Cidade Alta, Natal-RN. Para tomarmos os encaminhamentos, o Sindsegur estará nas ruas esta semana para entregar a convocatória aos vigilantes. Em Mossoró, no dia 18 de agosto, às 19h, a assembleia será realizada na Sub-sede do Sindsegur, Rua doutor Almir de Almeida Castro, 155 Centro (em frente ao antigo Colégio Geo). Vigilantes na rua, patrão a culpa é sua!