Vigilantes rejeitam proposta patronal de parcelamento da hora noturna reduzida

0
2169
Foto: Taian Marques

Nesta sexta-feira, 27 de julho, os vigilantes patrimoniais organizados pelo Sindsegur participaram de uma assembleia para discutir sobre o descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho pelas empresas Emvipol, Interfort, DMB, ADS, Monteforte e Roland.

Foto: Taian Marques

Na ocasião a categoria rejeitou a proposta apresentada pelos patrões sobre o pagamento parcelado da hora noturna reduzida. Em seguida os trabalhadores saíram em passeata pelas ruas do centro da cidade para demonstrar toda a indignação da categoria ao descumprimento de direitos garantidos na convenção.

Foto: Taian Marques

Em frente ao Banco do Brasil da avenida Rio Branco, os trabalhadores denunciaram aos contratantes as irregularidades cometidas pelos empresários. Mais uma lição para o patrão entender que não se brinca com os direitos do trabalhador.

Foto: Taian Marques

Em seguida, mesmo debaixo de forte chuva os vigilantes seguiram protestando e denunciando pelas ruas do centro até a Secretaria Estadual de Saúde, onde realizaram mais um grande ato público que chamou a atenção da população para os abusos praticados pelos patrões.

Foto: Taian Marques

Vamos fortalecer cada vez mais a nossa luta em defesa dos direitos e pelo cumprimento da convenção coletiva de trabalho.